Recomendo especial para maratonar no Feriadão

 
Ah, esse feriado de Páscoa. Nada como a família reunida no domingo, com ovos de chocolate. Ou fazer uma viagem, com ovos de chocolate. Quem sabe colocar aquele serviço em dia, com ovos de chocolate. Mas se você é um nerd que não vai fazer nada além de tretar muito na internet por causa de “Batman vs Superman”, e está entediado querendo desperdiçar aproveitar seu tempo livre para ver uma maratona de pornografia episódios de alguma série, então meu caro vagabundo trooper, confira agora três ideias de última hora indicações que o InVader teve para satisfazê-lo:
 
MEGAS XLR
Sinopse: O desenho conta a história de um jovem de 20 anos chamado Coop (Cara) que adora video-games e carros, que encontra um robô gigante do futuro no meio de um ferro velho junto com seu amigo Jaime, e o transforma em uma máquina de luta cheia de equipamentos. O robô foi mandado para o passado pela militar Kiva, numa época onde batalhavam contra os Glorfts. Mas por um defeito na máquina o Megas é levado a década de 30 e Kiva é levada ao ano 2000, onde acaba encontrado um Megas modificado por Coop para se tornar um super robô tunado de luta.
Impossibilitada de voltar para seu tempo e de pilotar o Megas, Kiva decide treinar Coop, para que ele consiga salvar a Terra dos Glorft.
 
Essa recomendação tem de ser vista dublada, pois ficou muito melhor que o original. Tudo isso graças a equipe de dublagem fenomenal do desenho, entre eles o artista das vozes, o dublador “monstrão”, o Superman, Han Solo e Optimus Prime em um só , sim ele, Guilherme Briggs, que faz um papel a altura, afinal de contas ele dubla literalmente o Fodão “o Cara”. 
 
Elogios merecidos porque ele teve uma liberdade boa nessa dublagem para marcá-la, como fez em Freakazoid… Mas como ele, Megas XLR também foi cancelado com poucos episódios. MAS NÃO POR SER RUIM! Não, pequeno hobbit, isso aconteceu devido a alta dose de referências nerds/pops, algumas bem de nicho mesmo e por ter um roteiro “pirado”, bem à frente do seu tempo (algo parecido com “Apenas um Show”). Por isso não alcançou a esperada audiência (mas vale ressaltar, também, que a Cartoon Network não andava bem das pernas, cortando assim seus menores produtos).
 
Essa animação tem de ser vista por você, afinal de contas, não é todo dia que você vê um robô gigante do espaço futuro, com um carro no lugar da cabeça, controlado por um joystick pelo “Cara” que na verdade é um nerd gordo que tem um amigo laricoso.
 
Foi uma pena mesmo seu cancelamento, mas diante de um quadro de tantos desenhos juvenis e adultos ganhando espaço… quem sabe essa série não volte?
 
Titulo: Megas XLR
Gênero: Aventura, Comédia 
Criação: Jody Schaeffer e George Krstic
Direção: Jody Schaeffer e George Krstic
Duração: 26 Minutos 
Episódios: 26 (Vinte e Seis)
Elenco Original: David DeLuise, Wendee Lee, Steven Jay Blum,Scot Rienecker e Clancy Brown
Elenco de Dublagem: Guilherme Briggs, Manolo Rey, Priscila Amorim, Luiz Carlos Persy e Hamilton Ricardo
 
DEMOLIDOR – SEGUNDA TEMPORADA
Sinopse (Spoilers da Primeira Temporada): Justo quando Matt acredita que ele está trazendo ordem para a cidade, novas forças emergem na Cozinha do Inferno. Agora o Homem Sem Medo deve enfrentar um novo adversário, Frank Castle, e encarar uma antiga paixão – Elektra Natchios. 
 
Problemas maiores surgem quando Frank Castle, um homem em busca de vingança, renasce como O Justiceiro, um homem que toma a justiça em suas mãos na vizinhança de Matt. Enquanto isso, Matt deve balancear seu dever com sua comunidade como advogado e sua vida perigosa como o Diabo de Hell’s Kitchen, enfrentando uma decisão que mudará sua vida e o forçará a entender o que realmente é ser um herói.
 
Se você não viu a primeira temporada desta que, na minha opinião, é a melhor série de heróis da atualidade, então está mais que recomendado que você a assista, volte aqui, leia e veja a segunda. 
 
Nesse feriadão, seria como ver dois filmes de 11 horas de duração.
 
Se você viu e, provavelmente, adorou, então zarpe para a second season, meu jovem padawan, porque o “bagulho tá louco” barata voa bruxão. Não só pelo quebra pau de Frank Castle e Demolidor ou vermos Matt e Elektra lutando juntos numa, relativamente boa e agora suportável, adaptação da mente de Frank Motherfucker Miller. Pois também temos uma cena incrível de “plano sequência de luta no corredor” novamente, Foggy Nelson aplaudível roubando a cena, um Justiceiro (o melhor já feito) gore a nível dos quadrinhos normais, não das pirações insanas de certos roteiristas, e a volta de Ben Affleck um dos melhores vilões da Marvel Cinematic Universe (MCU).
 
E falando nesse universo, já temos ganchos e motivações para a “Guerra Civil”, além de vários “esbarrões” com Jessica Jones. A Netflix conseguiu de novo minha gente.
 
Titulo: Demolidor (Daredevil)
Gênero: Ação, Crime, Drama e Suspense
Direção: Netflix 
Duração: 50 Minutos
Temporada: 2ª (Segunda) 
Episódios: 13 (Treze)
Elenco: Charlie Cox, Deborah Ann Woll, Elden Henson, Rosario Dawson, Vincent D’Onofrio, Ayelet Zurer, Bob Gunton, Toby Leonard Moore, Vondie Curtis-Hall, Scott Glenn, Élodie Yung, Jon Bernthal, Stephen Rider
 
SEVEN DEADLY SINS
Sinopse: O Sete Pecados Capitais (The Seven Deadly Sins) era o mais forte grupo de cavaleiros que defendia a região de Britannia. Há dez anos eles foram acusados de tentar dar um golpe para tomar o reino e teriam sido impedidos pelos Paladinos, guerreiros sagrados poderosíssimos do reino de Lyonesse, e fugido. Agora, dez anos depois, os Sete Pecados Capitais ainda são procurados e viraram lenda. Ninguém sabe se eles estão vivos ou mortos, se estão unidos ou o que teria acontecido com eles. Mas, ao mesmo tempo, começam a surgir indícios de que os Paladinos talvez não sejam tão idôneos assim. Surge então a terceira princesa, Elizabeth, que vê seu reino sofrer nas mãos dos Paladinos e parte à procura dos Sete Pecados Capitais, acreditando que eles não são maus por causa das histórias que seu pai contava. E, então, ela se encontra com Meliodas, um homem com cara de menino, dono da taverna Chapéu do Javali e curiosamente com o mesmo nome de um dos Sete Pecados Capitais. Juntos eles partem em uma aventura para procurar os outros Pecados e tentar descobrir o que está acontecendo nos reinos da região.
 
Pra começar, devo ir dizendo que este anime também estreou recentemente na Netflix, com dublagem e tudo. Por isso temos que dizer que adoramos babar o ovo da Netflix ela merece mesmo todo nosso carinho (#netflixpaganóis). 
 
Com personagens super carismáticos e safadinhos que te conquistam de cara, The Seven Deadly Sins parece caminhar acima de clichês de várias histórias: mocinho boa praça, a mocinha que se apaixona pelo rapaz e inimigos praticamente indestrutíveis. Nanatsu no Taizai é um anime despretensioso, divertido e que, por momentos, te fará viver um turbilhão de emoções que vão do riso às lágrimas. Cada um dos 24 episódios da primeira temporada tem aproximadamente 20 minutos de muita aventura e batalhas e que te fará querer assistir o capítulo seguinte.
 
Assim como em Dragon Ball, Seven Deadly Sins planetas inteiros explodirão possui cenas impróprias para menores de idade, mas com mesmo bom humor das histórias de Goku e sua trupe. Uma dica que dou é: “assistam sempre o que vêm após os créditos finais!” A grande maioria dos episódios tem uma espécie de teaser para o episódio seguinte.
 
É perfeito para o feriado porque possui uma trama que evolui rápido e é uma ótima adaptação do mangá segundo a crítica geral.
 
Titulo: The Seven Deadly Sins (Nanatsu No Taizai)
Formato: Anime
Genero: Ação, Aventura, Fantasia, Shounen e Sobrenatural
Autor: Shōtarō Suga
Direção: Tensai Okamura
Estúdio: A-1 Pictures e Netflix
Duração: 26 Minutos 
Episódios: 24 (Vinte e Quatro) e 2 OVAs
 
O site InVader deseja um bom feriado e Feliz Páscoa a todos vocês!
Compartilhe este post:

Ailton Borges

"Eu caminhei pela superfície do sol, testemunhei eventos tão mínimos e rápidos que mal podem-se dizer que ocorreram." -Dr. Manhattan