Análise – God of War (DC Comics)

Sinopse

Após um destruidor conflito, o implacável espartano chamado Kratos venceu e matou Ares, tornando-se o novo deus da guerra. Mas sua verdadeira provação ainda não começou. Agora Kratos deve testar seu recém-adquirido poder contra o impossível e derrotar as terríveis criaturas que guardam a Ambrosia de Esculápio, capaz de curar qualquer doença. Entretanto, esta não será a primeira vez que o Fantasma de Esparta parte em busca de tal prêmio…

Quando ainda era um mortal, Kratos buscou uma cura capaz de salvar sua filha, condenada a morrer pelas leis de Esparta. Mas o guerreiro não fazia ideia de que era somente um peão em um doentio jogo entre seres muito além da compreensão. E que os deuses ajudem seus adversários, pois o homem que um dia está destinado a destruir o próprio Olimpo não irá ser detido por nada nem por ninguém até conseguir o que quer.

Trago para vocês hoje uma inédita edição de HQ de uma das maiores franquias do universo dos games, sim, o famoso espartano Kratos, até então Deus da Guerra veio para os quadrinhos em um encadernado curto de 6 edições produzido pela DC Comics. Recomendo total até para quem não é muito fã da franquia, a história e o enredo são muito bem adaptados e produzidos. Para quem é fã de God of War e acha que sabe de tudo, está enganado ( You know nothing, John Snow), eu mesmo não fazia ideia de como Kratos encontrou sua mulher e que sua filha tenha nascido com uma anomalia. E o melhor, ele era apenas uma peça em uma aposta feita pelos deuses: Ares, Hades, Poseidon, Hélios,  Hermes e Ártemis, cada um com seu campeão escolhido tendo cada um, o objetivo de adquirir a Ambrosia de Esculápio. Encontramos o Príncipe bárbaro Alrik, aquele que teve um memorável confronto com Kratos nos games, como um dos campeões. A história é contada em dois tempos, um no presente, onde o Fantasma de Esparta já se tornou Deus da Guerra, outro no passado onde ele era um mortal. Nem o inferno poderá deter Kratos em sua longa jornada, nem mesmos os Deuses, essa história poderia facilmente se transformar em mais um jogo da saga e faria sucesso. O quadrinho já não se encontra em bancas, podendo facilmente comprar em diversos lugares na Internet porém, não é nada impossível a Panini relançar essa HQ para a felicidades de todos.
Abraços e ”I am the God of War”.

INFORMAÇÕES
Título: God of War
Gênero: Ação/Aventura/Grécia Antiga
Autor: Marv Wolfman
Ilustrador: Andrea Sorrentino
Número de páginas: 148 páginas

Leo Valentini

Siga o InVader nas redes-sociais, basta procurar por @SiteInVader!