8 Animações de Super-Heróis que Todo Nerd Deve Assitir

Depois de um bom tempo volto a escrever para o InVader. Só quero pedir desculpas pelo meu atraso em postagens e dizer que voltei com força total. Obrigado
Como dito acima, decidi fazer algo nunca feito antes por mim: um TOP 8 com longas de animação com o tema de super-heróis!
 
 
Antes de começarmos peço desculpas aos fanboys da Marvel, pois as animações da DC Comics são referência há muitíssimo tempo e que eles não deixem de ler/assistir só porque não há nenhuma animação feita ou distribuída pela Marvel. Ás vezes tentando assistir alguns desses longas você perceba que as duas empresas são “foderosas”. Sem mais delongas vamos ao TOP 8 com longas de animação com o tema de super-heróis!!!
 
8 – Liga da Justiça – Doom (2012)
Sinopse: “A Liga da Justiça consiste nos maiores super-heróis e defensores da humanidade. Porém, na mente do Cavaleiro das Trevas, o grupo contêm potencialmente as mais perigosas pessoas do planeta. Ao longo do tempo, Batman compilou planos de contingência ultrassecretos para o caso de qualquer um deles se virar para o mal. Quando esses arquivos são roubados por um grupo de supervilões em ascensão, a Liga da Justiça embarca em um curso de colisão que irá testar a fragilidade de sua aliança. Com um elenco estrelar de vozes encabeçado por Kevin Conroy, Tim Daily e Nathan Fillion, esta aventura original do Universo DC Animado desafiará tudo o que você sabe sobre a Liga da Justiça, bem como irá redefinir do que é feito um super-herói.”
 
 
Liga da Justiça – Doom tem todos os elementos necessários para fazer um ótimo longa, com todos os heróis mais famosos do grupo e um ótimo enredo.
 
Em uma agradável surpresa, são os vilões que obtém a vantagem desta vez, explorando cada um dos pontos fracos de cada super-herói como parte de um plano para o quê mesmo? Dominação do mundo! A adaptação de Torre de Babel, de Mark Waid, não foi fácil, exigindo várias alterações nos detalhes e até a substituição de um dos antagonistas centrais. Mas, surpreendentemente, as mudanças em grande parte trabalham para simplificar a história
 
7 – Liga da Justiça – Crise em Duas Terras (2010)
Sinopse: “Em um mundo paralelo, o único sobrevivente da Liga da Justiça da Terra , Lex Luthor, viaja através de outras dimensões para somar forças com Superman, Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde, Flash e J’onn J’onzz, o Caçador Marciano, para salvarem o seu mundo e seu povo. Mas o vilanesco Sindicato do Crime, controlado por Ultraman, Owlman e Superwoman não se deterá por nada para manter sua dominação. Serão necessários inteligência, poder e sacrifício para derrotar esses imperdoáveis inimigos nesta espetacular animação original produzida com alguns dos mais populares super-heróis do Universo DC, dublados por atores como Mark Harmon, James Woods, Chris Noth, Gina Torres, William Baldwin, Bruce Davison e muitos outros.”
 
 
Liga da Justiça – Crise em Duas Terras é baseado no projeto abandonado Justice League – Worlds Collide, pensado para ser uma ponte entre a série de TV da Liga da Justiça (2001-2004) e Liga da Justiça Sem Limites (2004-2006). A mudança foi causada por não haver pessoal suficiente para produzir um programa de TV e um filme simultaneamente. No enredo de Crise em Duas Terras foram removidas as referências para continuidade das séries de TV.
 
6. A Morte do Superman (2007)
Sinopse: “Quando a Lexcorp acidentalmente liberta o assassino serial intergalático Apocalypse Superman enfrenta a criatura mano a mano na batalha de sua vida… literalmente. O mundo inteiro lamenta a queda do herói; a humanidade percebe que nunca mais se sentirá segura novamente. Os inimigos do Superman regozijam de felicidade. Todos eles menos Lex Luthor, que lamenta a perda a sua maneira, desencadeando uma sequência de fatos marcantes que nem mesmo ele poderia prever. Inspirado na graphic novel best-seller da DC Comics, A Morte do Superman, esta animação longa-metragem traz muita aventura em sequências de ação.”
 
 
É a história que chocou o mundo e, com A Morte do Superman, quem perdeu a primeira vez agora têm sua chance. No começo ele luta contra o Apocalypse, mas é apenas o começo da história. Passando por uma longa linha de imitadores e sucessores ao trono vago de Superman, o filme se concentra em como Lex Luthor pretende atingir sua vitória definitiva sobre o guardião de Metrópolis. A única crítica contra A Morte do Superman é a ausência de outros heróis do Universo DC.
 
5. Os Incríveis (2004)
Sinopse: “Roberto Pêra já foi o maior herói do planeta, salvando vidas e combatendo o mal todos os dias sob o codinome Sr. Incrível. Porém, após salvar um homem de se suicidar, ele é processado e condenado na justiça. Uma série de processos seguintes faz com que o Governo tenha que desembolsar uma alta quantia para pagar as indenizações, o que faz com que a opinião pública se volte contra os super-heróis. Em reconhecimento aos serviços prestados, o Governo faz a eles uma oferta: que levem suas vidas como pessoas normais, sem demonstrar que possuem superpoderes, recebendo em troca uma pensão anual. Quinze anos depois, Roberto leva uma vida pacata ao lado de sua esposa Helen, que foi a super-heroína Mulher-Elástica, e seus três filhos. Roberto agora trabalha em uma seguradora e luta para combater o tédio da vida de casado e o peso extra. Com vontade de retomar a vida de herói, ele tem a grande chance quando surge um comunicado misterioso, que o convida para uma missão secreta em uma ilha remota.”
 
 
Incursão da Pixar no reino dos super-heróis, Os Incríveis não é focado em histórias de origem, mas os dons excepcionais têm impacto quando os heróis se estabelecem e começam uma família. O drama e a comédia resultante foi, em muitos aspectos, um lado de heróis e vilões que nunca tinha sido abordado.
 
4. Batman Contra o Capuz Vermelho (2010)
Sinopse: “Baseado no universo original da DC Comics, neste filme Batman enfrenta o maior de todos os seus desafios quando o misterioso Capuz Vermelho toma Gotham City de assalto. Parte vigilante, parte criminoso, o Capuz Vermelho inicialmente lima as ruas da cidade com a mesma eficiência do Batman, mas sem seguir o mesmo código de ética do Cavaleiro das Trevas. Para ele, matar é sempre uma opção. E quando o Coringa fica dividido entre os dois, a dura verdade vem à tona e velhas feridas são reabertas.”
 
 
Em Batman Contra o Capuz Vermelho é possível observar um anseio maior em utilizar alguns quadrinhos fundamentalmente como base para o roteiro da animação. Justamente por essa diferente opção, quem assina o roteiro do filme é Judd Winick, roteirista responsável pelas publicações de Batman de 2004 a 2006, intervalo no qual o dilema entre o Capuz Vermelho e o Homem-Morcego foi abordado. Para além disso, o longa faz ainda fortes referências ao clássico Morte em Família. A partir de Capuz Vermelho, outros importantes eventos ganharam adaptações animadas, como foi o caso de Batman Ano Um e O Filho do Batman.
 
3. Liga da Justiça – Ponto de Ignição (2013) (Medalha de Bronze)
Sinopse: “Barry Allen, o herói Flash, nunca conseguiu esquecer o dia em que sua mãe foi vítima de um horrendo crime e faleceu. Determinado a mudar a sua história, ele quebra as barreiras do tempo com sua hipervelocidade e volta no tempo, para impedir que a tragédia aconteça. No entanto, mexer com a linha temporal traz sérias consequências para o presente. Por conta da sua volta, o mundo é devastado por uma grande guerra entre as amazonas da Mulher-Maravilha e o exército de Atlantis, liderados por Aquaman. Junto com o Batman dessa nova realidade, mais violento e destemido, e a ajuda do Cyborg, ele tenta restaurar o fluxo temporal e impedir que esse mundo alternativo se concretize.”
 
 
Uma das histórias mais nerds da DC é adaptada de maneira primorosa para as telas. Com elementos de ficção científica misturados aos super-heróis mais famosos da editora em versões bem diferentes das que usualmente estamos acostumados, Ponto de Ignição trás uma realidade alternativa carregada em pessimismo, desesperança e com tons apocalípticos. A animação consegue surpreender pela dinâmica entre os personagens naquela nova realidade, além das personalidades dos mesmos, tão diferentes e interessantes de serem observadas. A narrativa é rica em referências e possui um ritmo acelerado, favorecido pela sua curta duração. Obrigatória para todo amante de uma boa história dos super-heróis. 
 
2. Batman – O Cavaleiro das Trevas Partes 1 e 2 (2012 e 2013) (Medalha de Prata)
Sinopse: “Dez anos após sua aposentadoria Batman se encontra em um mundo onde os heróis foram extintos e Superman é o último em atividade, mas quando a criminalidade cresce em Gotham City, Bruce Wayne volta à ativa e usa toda sua inteligência e força bruta para fazer justiça.”
 
 
Foi Frank Miller que ajudou a moldar Batman como o Cavaleiro das Trevas que conhecemos e amamos e com Batman – O Cavaleiro das Trevas Partes1 e 2 sua história central é recriada nos mínimos detalhes. Isso inclui o Batman lutando contra os viloes, com 55 anos de idade.
 
1. Batman – A Máscara do Fantasma (1993) (Medalha de Ouro)
Sinopse: “Desenho animado no qual Bruce Wayne, o Homem-Morcego, combate o Fantasma, um novo bandido que mata um grande criminoso e faz parecer que o herói encapuçado cometeu o crime, fazendo com que Gotham City se volte contra ele. Além disso, Batman ainda precisa se preocupar em defender a cidade do Coringa, um vilão extremamente perigoso.”
 
 
Embora mais velho do que os outros filmes da nossa lista, não há dúvidas sobre o fato: Batman – A Máscara do Fantasma é um dos melhores filmes do Homem-Morcego até hoje. O fato de ser animado não interfere em nada, e ajudou a mostrar que os desenhos não eram apenas para crianças.
 
Depois desse longo Top 8 espero que vocês entendam que esta é uma opinião própria, então se o seu filme favorito não apareceu ou está entre os últimos não fique transtornado. Isso é até bom pois vocês poderão encontrar outros filmes super incríveis e, quem sabe, o seu favorito até muda. 
 
Quais HQ’s vocês acham que brilharam em animações? E quais você gostaria de ver em breve?
Deixem suas opiniões nos comentários, mas lembrem-se: Sempre com respeito!
Compartilhe este post:

Vitor Moreno

Como posso dizer, fora dessa pagina sou um "Gamer" e um amante de boas Animações, e aqui no InVader meio que escrevo sobre o que mais amo.Uma frese legal: "Sic Parvis Magna"